6 de mai de 2014

A Psicologia ou as Psicologias

A palavra psicologia é usada em nosso cotidiano sem que muitas vezes percebamos o seu sentido mais amplo. Quando admiramos um vendedor, dizemos que ele usa de psicologia para vender; quando um amigo nos ouve com atenção e compreensão, dizemos que ele é um psicólogo nato porque sabe ouvir as pessoas.

Essa não é a psicologia dos psicólogos; essa é a psicologia do senso comum. Mas continua sendo uma psicologia, o que significa dizer que as pessoas, em geral, conhecem um pouco de psicologia.

A Psicologia dos psicólogos é a Psicologia científica, que lhes permite explicar ou compreender os problemas cotidianos de um ponto de vista psicológico.

O SENSO COMUM: CONHECIMENTO DA REALIDADE

É no cotidiano que a vida acontece e onde conhecemos e vivemos a realidade.  Já a ciência é uma atividade eminentemente reflexiva. Ela procura compreender, elucidar e alterar esse cotidiano, a partir de seu estudo sistemático.

A ciência é baseada no cotidiano, ao mesmo tempo em que se afasta dele para compreendê-lo melhor, transformando-o em objeto de investigação - o que permite a construção do conhecimento científico sobre a realidade onde todos vivemos, psicólogos profissionais e não psicólogos.

Esse tipo de conhecimento que vamos acumulando em nosso cotidiano é chamado de senso comum. Sem esse conhecimento intuitivo, espontâneo, de tentativas e erros, a nossa vida diária seria muito complicada.

0 comentários: